Cigarrinha-das-raízes

Informações básicas

cigarrinha-das-raízes

Nome científico: Mahanarva fimbriolata

Outros nomes: cigarrinha-das-raízes, cigarrinha-da-cana

Danos: As ninfas, primeira geração da cigarrinha-das-raízes, produzem uma espuma na base dos colmos da planta, nas raízes superficiais, onde se alimentam e se mantém protegidas até atingirem a fase adulta.

Importância do alvo

Conhecida popularmente como cigarrinha-das-raízes, a Mahanarva fimbriolata é uma das principais pragas da cultura da cana-de-açúcar no estado de São Paulo e no Nordeste. A cigarrinha-das-raízes apresenta enorme potencial de dano e, em condições de altas densidades populacionais, pode causar perdas de até 80% na produtividade dos canaviais.

Nos últimos anos a ocorrência da cigarrinha-das-raízes tem aumentado significativamente, um dos fatores que contribuem para o crescimento populacional do inseto é a consolidação da colheita mecanizada.

Esse método de retirada da cana deixa acúmulo de palha e ajuda a manter a umidade no solo, favorecendo o incremento da população da cigarrinha-das-raízes. Outros itens como histórico populacional da área, manejo realizado, variedades de cana mais suscetíveis e época de corte, também favorecem a infestação da cigarrinha.

De acordo com o Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), o primeiro ciclo da praga se inicia nos períodos chuvosos, geralmente nos meses de setembro e outubro. As ninfas, primeira geração do inseto, produzem uma espuma na base dos colmos da planta, nas raízes superficiais, onde se alimentam e se mantém protegidas até atingiram a fase adulta.

A primeira geração de ninfas é pequena em decorrência da diapausa dos ovos, porém, com capacidade suficiente para se desenvolver até a fase adulta, quando então se inicia a postura da segunda geração, que geralmente ocorre entre dezembro e janeiro. Nesta fase, a ocorrência da praga se manifesta de forma mais intensa ,pois, a umidade e o fotoperíodo são maiores.

Culturas que a cigarrinha-das-raízes ataca

Cana-de-açúcar
Cana-de-açúcar

Dicas de manejo

O monitoramento é peça fundamental em qualquer programa de manejo de pragas. No caso da cigarrinha das raízes, a amostragem deve ser feita após as primeiras chuvas da primeira, visando controlar as primeiras gerações do inseto. Veja no vídeo abaixo algumas dicas par auso do inseticida DiamanteBR para controle da praga.

Produtos para controle

DiamanteBR®

Culturas:
Cana-de-açúcar |
Ingredientes Ativos:
Imidacloprido 480 g/L

Saiba mais

Estação Experimental

Relatório
Sustentabilidade

Fábrica de Experiência

Agrilson

Estação Experimental