Estação experimental

Moderno Centro de Experimentação Agronômica, credenciado pelo Ministério da Agricultura para realização de testes oficiais de campo para registro de produtos.

Projeto

Localizada em Guatapará, no interior de São Paulo, a Estação Experimental possui uma área de mais de mil hectares. Desde o início das operações em 2012, o local obteve junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o credenciamento para realização de teste oficias de campo para registro de produtos. Com a permissão, a Ourofino Agrociência pode emitir laudos de viabilidade econômica, praticabilidade agronômica, fitotoxicidade e comprovações de eficiência de defensivos agrícolas.
Na Estação, são conduzidas atividades e projetos que envolvem a criação, manutenção e utilização de vegetais com finalidade de ensino, pesquisa e desenvolvimento científico. Na área de defensivos agrícolas, são feitos estudos para herbicidas, inseticicidas, fungicidas e adjuvantes para emissão de laudos oficiais com a finalidade de obter o registro para comercialização. O local é equipado com uma estrutura tecnológica que possibilita simular condições edafoclimáticas de várias regiões do país, garantindo o desenvolvimento de soluções que vão auxiliar o trabalho dos agricultores brasileiros e garantir mais rentabilidade ao negócio.

Localização

Rodovia Mário Mazieiro, Km 6.5, s/ número;

Próximo ao município de Guatapará (SP);

Localização privilegiada, próximo as principais instituições de pesquisas paulistas como Unesp, IAC e USP;

Fácil acesso pelas principais rodovias do Estado de São Paulo;

Distância até São Paulo, capital, é de aproximadamente 300 km.

Estrutura

O local possui uma área de mais de mil hectares, com completa estrutura para estudo de soluções inovadoras, desenvolvimento de projetos e parcerias, formação de profissionais, além da realização de pesquisas e outras atividades agrícolas. A estrutura da fazenda experimental foi desenvolvida para suprir todas as necessidades do trabalho de experimentação de fórmulas e conta com laboratório para avaliação, escritório, sala para manipulação e para calibração dos equipamentos de pulverização, local para armazenamento dos produtos comerciais e experimentais e seis casas de vegetação. E é essa estrutura completa, e própria, que torna a fazenda experimental referência entre as existentes no Brasil e possibilita à Ourofino Agrociência realizar mais de 500 estudos por ano.

Além de desenvolver formulações diferenciadas para o lançamento de um produto, inúmeros testes são realizados nas estações experimentais da Ourofino Agrociência, que são, em sua maioria, áreas credenciadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para a condução de protocolos de pesquisa que avaliam a performance e o comportamento dos defensivos agrícolas elaborados. A empresa possui cinco locais para essa finalidade: dois em Goiás, dois no Paraná e a Estação Experimental, em Guatapará (SP). Ao almejar e conquistar os principais padrões de produção, a Ourofino mantém o objetivo de oferecer o melhor para o produtor e para a agricultura brasileira, visando o desenvolvimento do setor.

Diferenciais

Estufa Climatizada

Inaugurada em 2017, a Estufa Climatizada permite a realização de testes que simulam as condições edafoclimáticas de várias regiões do Brasil.

Laboratório de Entomologia

No local são mantidas as principais pragas da agricultura, utilizadas nos bioensaios, que servem de base para o desenvolvimento de protótipos.

Área de Experimentação

Estrutura credenciada pelo Inmetro* e certificada pelo Mapa** para a realização de testes oficiais de campo para o registro de produtos.

Instituições Parceiras

Para oferecer as soluções inovadoras, baseadas nas necessidades da agricultura brasileira e que garantam mais rentabilidade aos produtores, contamos com os mais modernos equipamentos do mercado e com o apoio de renomados centros de pesquisas e universidades do país.

UNESP – Jaboticabal (fcav.unesp.br)

UNESP – Botucatu (fca.unesp.br)

ESALQ – (esalq.usp.br)

UNICAMP – (unicamp.br)

IAC – Ribeirão Preto (iac.sp.gov.br)

* Esse projeto tem o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep)

* Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia

** Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Estação Experimental

Relatório de
Sustentabilidade

Fábrica de Experiências

Agrilson